Pages

terça-feira, 28 de julho de 2009

Li-o em dois goles de tempo, como se de um remédio para a alma se tratasse. Facilmente nos deixamos levar por esta história breve e simples que nos obriga a pensar no que fica por dizer. Acabei de o ler com a sensação de que tinha de voltar ao início. Talvez por ser demasiado breve, fica a sensação de algo inacabado. Apetecia-me mais descrições desta viagem e destes personagens. Realmente muito bom!

SHARE:

2 comentários

Miss Kitty disse...

Também quero ler esse livro!;)

BJS*

stiletto disse...

Eu também li num ápice, muito bom. Quando vejo o Miguel Sousa Tavares na televisão custa-me a acreditar que ele seja capaz de escrever assim, do fundo da alma.

© Feira de Vaidades. All rights reserved.