Pages

sexta-feira, 7 de agosto de 2009



Pela primeira vez ao longo destes meus 28 anos tive um convite do mais directo que pode haver para sexo. Esqueçam lá isso de jantar, sair para nos conhecermos melhor, beber um copo, nada! É óbvio que só pude rir à gargalhada. Primeiro porque a dita pessoa mal me conhece. Não é propriamente um ex daqueles em quem é fácil escorregar de vez em quando tendo sempre a desculpa da cumplicidade e da nostalgia; segundo não é lindo de morrer, não me atrai minimamente, e não me lembro de termos trocado mais do que 10 frases, logo como é que posso estar interessada? Como é que alguém com quem eu não passei tempo pode achar sequer que existe a possibilidade de eu me querer enfiar nos lençóis com ele? Daahhhhhhhhhhhh! Homens deste meu país se precisam de um livro sobre como preparar uma mulher para a queca que tanto vos interessa eu escrevo. Não há mal nenhum em perguntar ou revelar desconhecimento. Agora convites à descarada, enfim, ou se acham o Brad Pitt versão tuga ( e a esse claro não podemos nunca dizer não) ou então não têm medo de serem os bobos da corte aos nossos olhos. As mulheres precisam de ser conquistadas, mesmo que os encontros não evoluam para uma relação duradoura. E sim às vezes as coisas foram mesmo só 4 ou 5 jantares, sexo, praia e alguns copos. Mas não foi só sexo. E se para alguns homens só sexo chega, posso garantir que para a maioria das mulheres é muito pouco. No top 10 dos melhores momentos da minha vida estão jantares fabulosos, noites polvilhadas de estrelas, palavras e rostos que guardarei para sempre. E nenhum destes momentos tem sexo incluído. Apetece-me com isto dizer que para ter vontade de deitar alguém nos meus maravilhosos lençóis tem de haver química, partilha de instantes. A outra pessoa tem de ser interessante aos meus olhos e para isso meus caros é preciso uma boa conversa. Perante abordagens básicas é óbvio que levam um NÃO redondo ou a perguntinha inofensiva : Mas quem te disse que estou interessada?
SHARE:

3 comentários

'Mimi disse...

Existem homens que não são lá muito espertos... Mas também há raparigas bem tontinhas nesse mundo

Dive disse...

Lol, medo.Muito medo...

E preciso ter lata :)

Poetic GIRL - BELA disse...

Realmente é mesmo preciso ter lata... com algumas deve resultar por isso eles vão tentando... para a próxima já pensa duas vezes... beijocas

© Feira de Vaidades. All rights reserved.