Pages

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Chinatown, a verdadeira aventura...

O texto de hoje no blogue "A vida de saltos altos", no Expresso online fez-me rir. No Sábado eu fui uma das mulheres que percorreu Chinatown à procura de uma imitação das grandes marcas. E a verdade é que em Portugal não o teria feito. Tudo o que é descrito no texto é real. Homens e mulheres abordam-nos, perguntam se estamos à procura de malas. Depois ou entramos em paredes falsas, ou em carrinhas... tudo sítios manhosos portanto... e para sair dali eles comunicam uns com os outros por telefone para ter a certeza de que a policia não está por perto. Também eu pensei que se fosse raptada ali nunca mais ninguém me descobria. Há uns anos atrás as malas estavam em lojas, à vista de todos, ou no passeio em cima de panos. Neste momento a policia controla mais os artigos falsificados. Talvez porque as verdadeiras marcas estejam a perder negócio. A verdade é que em Lisboa,jamais iria ao Martim Moniz comprar malas e em Chinatown alinhei nos disparates. Não sei se aquele aparato todo é encenação, se há realmente perigo de a policia apreender a mercadoria, ou se o fazem para não baixarem os preços dos artigos. Tive medo? Achei tudo estranho, mas não pensei no que realmente podia ter acontecido. Dezenas de pessoas fazem o mesmo diariamente. Pronto, talvez tenha sido um bocadinho inconsciente...
SHARE:

2 comentários

Elsa disse...

Devias ir à China como eu fui... é a loucura e aí sim o verdadeiro aparato :)

Dive disse...

Quem me dera!Surreal!!!

© Feira de Vaidades. All rights reserved.