Pages

sexta-feira, 17 de agosto de 2007



Alguém me explica, como se eu fosse uma criança de 4 anos, porque é que sentimos falta de pessoas que mal conhecemos? Incomoda-me quando alguém entra na minha vida sem bater e sem que eu tivesse necessariamente aberto a porta. Esse alguém simplesmente entrou enquanto eu, distraída, olhava lá para fora... e veio pé ante pé espreitar. Dominado pela curiosidade talvez. Ainda cá está. E por estranho que pareça também não quero que saia, pelo menos por agora... Estou apreensiva por não saber o que este doce viajante é na minha vida, e no entanto já ocupa espaço... sim não se entusiasmem, não é amigo colorido, nem amigo, nem pseudonamorado, nada disso... mas é alguém em quem penso mais do que me apetecia, com quem falo como se já pertencesse mesmo à minha vida. Aguardam-se desenvolvimentos dos próximos capítulos...
SHARE:

3 comentários

stiletto disse...

Agora conseguiste surpreender-me!!!! Não é nada que eu não estivesse já à espera, lol, mas... Como tu mesma dizes é sempre bom conhecer pessoas novas, quem sabe o que é que pode acontecer, não é?!
Bjs e tem muito juizinho, ;)

nika_liu disse...

Os sentimentos são algo que dificilmente conseguimos controlar! E quando alguém consegue despertá-los sem aviso parece que nada volta a ser igual!

Anónimo disse...

quem será esse 2 misterioso"???
então entra assim na tua vida e sem avisar?
diz lhe ....

© Feira de Vaidades. All rights reserved.