Pages

segunda-feira, 15 de março de 2010

Alguém com uma mente iluminada dá uma ajudinha?

Fui ver este filme, mas fiquei com algumas dúvidas... Na minha humilde interpretação o Marshal Teddy Daniels (Leonardio Di Caprio) não está louco. Ele sabe demais e quiseram calá-lo armando uma conspiração para o fazer chegar à ilha. O que é que acharam? Venham daí as vossas interpretações.

SHARE:

7 comentários

Alexandre disse...

A mim parece-me que ele está louco sim, e que o papel de agente é a sua imaginação a tirá-lo da dura realidade de ter a perturbação mental e de ao mesmo tempo querer livrar-se da realidade da morte dos filhos e da mulher. Há uma primeira viragem para uma realidade da ilha mais negra e aparentemente desconhecida à partida, depois há uma última viragem em que se percebe que isso é a visão dele e é um alibi para fugir da sua realidade e fugir da luta contra os seus próprios fantasmas. Acho que é isto. Beijo, Alexandre

Scarlet_Perry disse...

Ao entrar na manicómio e nos últimos dias retratados no filme,ele está louco.Mas no final, quando a nós nos é revelado o que realmente aconteceu, ele relembra-se também, recuperando a sua sanidade.
Mas quando confrontado com a realidade tão dura e sabendo que vai ter de viver com aquelas recordações toda a sua vida, prefere fazer-se passar por louco, para que lhe possam retirar quele momento taõ negro da sua vida, Daí a frase final: "Which would be worse, to live as a monster or to die as a good man?" Sendo o monstro, o homem que não conseguiu impedir que a mulher matasse os filhos ou o homem bom, aquele que enlouqueceu. :)

Branca de Neve disse...

Também fiquei com dúvidas. Mas na última cena, quando está a falar com o psiquiatra, ele pergunta-lhe o que é melhor "morrer como um homem bom ou viver como um monstro". Por isso, acho que ele estava lúcido, mas para não ter de lidar com a morte da mulher e dos filhos, a lobotomia era a solução que o faria esquecer isso.

hierra disse...

Eu acho que a ideia do filme é mesmo ficarmos na dúvida, embora eu ache que ele não estava louco por causa da última frase que ele diz... mas a ideia do filme é deixar-nos a pensar

continuando assim... disse...

MAIS LOGO, um novo capítulo da história de Alice.
lá no,
... continuando assim...

Aceito , e agradeço as vossas sugestões ... talvez a letra esteja pequena... talvez o blogue possa estar confuso.... talvez ... e talvez :)
talvez nem gostem da história...

Enfim...qualquer coisa, digam.
até logo

obrigada por seguirem, e bem vindo!!! a quem chega de novo !

Bj
teresa

Dive disse...

Não...esse é o delírio dele, para se esquecer daquilo que o fez enlouquecer...

Dorushka disse...

Eu não vi o filme, só li o livro, mas confesso que fiquei com sérias dúvidas sobre o fim. O meu marido diz que ele estava realmente louco, eu não sei, não sei mesmo. Acho que vou ter que ver o filme, ou reler o livro, para dissipar as dúvidas.
Já agora, gostou do filme?

© Feira de Vaidades. All rights reserved.