Pages

domingo, 26 de setembro de 2010

"Parece que está na moda não gostar de pessoas felizes. Eu cá não me aborreço nem um bocadinho com pessoas felizes. Contem-me histórias bonitas, inspirem-me, façam-me acreditar.Tenho a certeza que isso faz de mim a Floribella no tempo em que falava com as fadinhas, mas paciência. Eu, por exemplo, prefiro escrever coisas bonitas e felizes. E não, não sou sempre feliz. Ainda ontem chorei baba e ranho tal era a desilusão que senti, mas não me apeteceu escrever sobre isso.Também não me aborrecem as pessoas que só escrevem tristezas. Há tanta beleza na tristeza.O que me chateia mesmo são pessoas que só escrevem a reclamar. Do tempo, do governo, do trânsito, da blogoesfera, das pessoas felizes, do desemprego, dos homens, dos maus amigos. Isso é que me chateia deveras. Aborrece-me. Tira-me a energia. Cansa-me.As pessoas felizes não me chateiam nem um bocadinho. E também não desconfio das pessoas felizes, como se diz por aí. Desconfio sim de pessoas que se aborrecem com a felicidade dos outros. "
escrito pela Neni
PS: Porque também eu me sinto triste pela quantidade de posts e caixas de comentários cheias de insultos. Cada blogger é dono do seu blogue, livre de escrever sobre o que lhe vai na alma. Talvez esteja na hora de sermos um bocadinho mais civilizados neste espaço que ninguém controla, mas que magoa de igual forma. Se não gostamos do que alguém escreve, porque é que não deixamos simplesmente de ler? É preciso achincalhar?
SHARE:

3 comentários

by "A Invisível" disse...

Na minha opinião, existe muita censura por aí (blogosfera). Critica-se muito, mas não se respeita o principal : liberdade de expressão.
Disse muito bem, e eu faço o mesmo, desde o momento que não me agrada "x" assunto, não leio, não sigo, mas não critico ao desbarato.

Há que respeitar, para se ser respeitado. (mas hoje em dia, este conceito parecer ser esquecido por muitas pessoas.

Poetic GIRL disse...

Eu só vejo gente a criticar, criticar porque se está feliz, criticar porque se está triste... meu deus, se não gostam não lêem de que adianta andar a falar? enfim, falta de respeito, bjs

Kowalski disse...

Descobri o seu blog porque uma amiga "roubou" a imagem de cima para "me oferecer" (e roubei-lha, espero que não se importe)

Mas não posso deixar de comentar e concordar com este post. Acho uma verdadeira perda de tempo comentar aquilo que me desagrada (não o que evidencia uma opinião diferente da minha, isso, acho saudável. Falo da maledicência gratuita). Acho preferível dizer/escrever coisas boas, que valham a pena, que sejam construtivas. Quando não gosto, guardo para mim. Depois é fácil, basta agir em conformidade.

© Feira de Vaidades. All rights reserved.