Pages

sábado, 2 de maio de 2009


Às vezes dou comigo a recordar pessoas e passado apenas e só pelo cheiro de um perfume... Acabei de ter um instante assim. O perfume é o L'eau D'issey para homem, a pessoa guardo-a para mim.
SHARE:

4 comentários

paula'maria disse...

gosto muito de perfumes e por gostar tanto acabo por confundir algumas fragancias, mas não confundo as pessoas! Só não me recorodo delas assim, como tu... O que pode ser bom, penso eu com os nervos rs
bj

Miffy disse...

Ai os Perfumes, são uma prisão para o bem ou para o mal...

Ainda bem que para a Vanity, o cheiro do perfume que refere, lhe lembra um homem de quem gosta, criando uma sensação positiva.

Em matéria de homens para mim é ao contrário: se sinto um perfume masculino igual ao de algum que em tempos me foi muito especial, isso angustia-me, e sinto uma certa tristeza.

Já me aconteceu desistir de um perfume porque a relação da altura não resultou e o homem em questão tanto elogiava a fragância: de odor agradável passou a um insuportável cheiro carregado de más recordações e nostalgia do que não foi e poderia ter sido...

Nas outras áreas da minha vida, é muito melhor: recordo com alegria o cheiro da minha mãe; o cheiro dos livros novos no início de cada ano lectivo; o cheiro das tintas com que fazia as pinturas na Infantil; o cheiro a figos maduros no Algarve, na casa de férias :)

Miss G. disse...

Olha, não tinha reparado :p e não é que é mesmo? E os comentários aqui, especialmente o da Miffy, têm tudo a ver com o meu texto!
Beijinho para ti

Miffy disse...

Muito Obrigada Miss G

Fico muito contente por saber que se identificou com o meu comentário :)

Aproveito para dizer que não tenho Blog próprio e sou novinha no mundo dos Blogs, mas de ceteza que vou fazer uma visitinha ao seu.

Um Beijinho para a Miss G e outro para a autora deste Blog que acompanho e de que gosto :)

© Feira de Vaidades. All rights reserved.