Pages

sábado, 2 de janeiro de 2010

O quarto cor-de-rosa


A primeira noite do novo ano foi em casa de uma amiga especial. Daquelas que começam por ser colegas de trabalho, e depois se descobrem quilos de afinidades. A casa dela para além de muito gira, já me albergou em muitas noites de choro, nas duras crises amorosas. A minha amiga tem um quarto cor-de-rosa, de verdadeira princesa, daqueles onde nos sentimos bem apesar de termos o coração feito num caco. E esta noite dormi com ela. Porque só com as amigas irmãs se pode partilhar espaço, tempo, memórias e o próprio sono. E aquele quarto, que é cosy como poucos conseguem ser, dá-me tranquilidade e conforto. Cada vez que venho cá a casa repito sempre a mesma história: - Lembras-te daquele Verão em que eu chorava baba e ranho e vinha dormir cá para casa? Os amigos são pessoas pacientes. 1ª grande constatação de 2010. É por isso que os devemos estimar, mimar, passar tempo com eles. Porque quando nada bate certo, o porto de abrigo pode mesmo ser um quarto cor-de-rosa.
SHARE:

1 comentário

Jojozinha disse...

gostava de ter algué assim tão próximo :)

© Feira de Vaidades. All rights reserved.