Pages

sábado, 13 de novembro de 2010

Luz

E finalmente a minha semana de trabalho chegou ao fim. Tive uma semana de loucos, com poucas horas de sono, muita coisa para resolver. Fiquei meio adoentada pelo meio, estou rouca, cheia de dores de garganta. Apetece-me um banho quente e uma massagem, entrar na cama e dormir 12 horas seguidas. Sim, esta noite ninguém me tira este prazer. Amanhã é domingo, mas domingo a sério, daqueles em que se fica por casa a ver filmes ou séries, alapada no sofá. Apesar do cansaço sinto-me cheia de luz. E é por isso que vos escrevo, para que não desistam, para que persistam. Porque o esforço e o empenho acabam sempre por compensar. E numa altura em que ninguém fala das coisas boas, porque só a crise vende jornais e abre telejornais, desafio-vos a escreverem sobre o outro lado do copo. O copo que afinal está meio cheio. Deixo-vos com a minha luz, que surge como recompensa de meses e meses de aprendizagem e de vontade de seguir em frente apesar das dificuldades. Porque apesar do frio e da chuva, é possível estar cheio de luz mesmo em Novembro.

SHARE:

3 comentários

A. disse...

Como eu gostava de acreditar nisso agora.

B. Cérise disse...

Essa luz impele-nos a andar para a frente e a abraçarmos o que nos surge com garra!
Espero que te sintas assim durante muito tempo:)!
E as melhoras*

Guinhas disse...

Nada melhor que energia positiva!!Gostei do post! Parabéns!

© Feira de Vaidades. All rights reserved.